“A MAIOR DE TODAS AS IGNORÂNCIAS É REJEITAR UMA COISA SOBRE A QUAL VOCÊ NADA SABE."

quarta-feira, 18 de maio de 2011

A Estrela - Experimento

Exercício 1

A Estrela é a carta do otimismo e da esperança, da fé na vida e em si mesmo. Pode usar a meditação com a carta A Estrela para se encher de otimismo e mudar a forma negativa como encara ou vê a vida.

Esta carta mostra uma mulher jovem, nua, simbolizando a pureza e a verdade. Ela está ao lado da água enquanto derrama o líquido que segura em dois reservatórios. Por cima da jovem, no céu, brilham várias estrelas, iluminando os atos da jovem e indicando que a vida é bela e inesgotável.

Para este exercício vai precisar de duas taças, fósforos, duas folhas de papel, uma tesoura, uma caneta ou, se preferir, canetas coloridas e a carta A Estrela.

Coloque uma música suave, um incenso (pode ser de jasmim). Sente-se confortavelmente e coloque à mão as folhas, canetas e as taças. Pegue na carta de Tarô A Estrela e coloque-a à sua frente.

Faça algumas respirações, olhe por uns minutos a carta A Estrela. Procure não pensar em nada, feche os olhos e inspire a energia positiva que a carta lhe transmite.

Abra os olhos. Corte uma das folhas de papel em pedaços e escreva em cada um deles os seus sentimentos, problemas, receios, traços negativos de personalidade que pretende mudar, tudo o que lhe roube a paz, enfim, tudo que precisa de renovar em si e na sua vida. Coloque os pedaços de papel numa das tigelas e queime-os.

Deverá voltar novamente a sua atenção para a carta A Estrela. Olhe por mais uns minutos para ela. Feche os olhos, faça mais algumas respirações. Vai deixar os pensamentos positivos fluírem.

Pegue agora na outra folha de papel e corte em pequenas tiras. Em cada tira escreva os seus objetivos e as qualidades que pretende desenvolver. Cada frase deverá ser uma afirmação positiva.

Poderá escrever algumas frases como as que a seguir apresento:

- Eu aceito-me como sou e aceito os outros.

- Sinto-me amado/a e seguro/a.

- Sou capaz de concretizar tudo aquilo a que me proponho.

- Eu sou amor.

- Não estou só, o Universo ampara-me e apoia-me.

- Ultrapasso todas as barreiras e dificuldades com sabedoria.

- O meu corpo é totalmente saudável.

- Sou um ser maravilhoso e especial.

- Estou em paz comigo e com todos os que me cercam.

- Confio em mim e nas minhas capacidades.

- Tenho sempre tudo o que necessito.

- Tenho força interior para mudar o que é necessário na minha vida.

- Sou sempre próspero/a nas minhas finanças.

- O meu lar é um local de paz e amor.

- Eu liberto-me e perdoo-me por todas as minhas ações no passado.

- Vivo totalmente no presente.

Coloque as frases numa outra taça e guarde-as num local perto de si, onde todos os dias possa tirar um papelinho e ler uma afirmação. Também poderá espalhar estes papelinhos pela casa...

Afirmações (conselhos) para a carta A Estrela:- Permito-me viver de forma otimista e feliz, pois renovo diariamente as minhas esperanças e ideias, confiante de que sou digna de receber o apoio do Universo.

- Eu sou a inspiração.

- Eu sou a criatividade.

- Eu sou o otimismo.

- Eu sou o discernimento.

- Eu sou a humildade.

Exercício 2

Sente-se comodamente com as costas direitas e sem cruzar os braços nem as pernas para manter o seu circuito energético aberto. Logo de seguida, coloque a Estrela numa mesa à sua frente, acenda com um fósforo uma vela da cor da violeta, e queime um pouco de incenso de nardo ou de mimosa.

Este arcano cumpre uma dupla função: utilizar-se da meditação para atrair para nós aquelas pessoas que precisam dos serviços que oferecemos; mas pode também empurrar-nos para as situações, os lugares e as pessoas que podem proporcionar-nos as lições que precisamos aprender.

Centre a sua atenção na imagem do arcano, e olhe como as cores e as formas adquirem maior profundidade e definição, e aumentam até ocupar todo o seu campo visual. Agora observe a bela mulher absorta em deitar o líquido da vida dos seus corpos para alimentar com ele a terra fértil. Por detrás dela, a água flui pela corrente da cascata, enquanto um flamingo bebe de um dos copos o apreciado líquido.

Lentamente, desloque a sua atenção para a estrela que brilha do alto do céu noturno e permita que o seu resplendor agarre o seu olhar até que o seu fulgor o cegue obrigando-o a fechar os olhos, enquanto sente um formigueiro especial na sua testa que lhe indica que está a entrar num estado alterado de consciência.

Agora feche os olhos e dê um passo à frente para se projetar para o interior do arcano. Sinta a brisa da noite no seu rosto e sinta o odor dos juncos e das flores. Nesse instante, a mulher, representação do espírito da Mãe Terra, apercebe-se da sua presença, e deposita suavemente, os copos na erva fresca para vir receber-te. De um deles, o que representa a sua mente consciente, tira uma pena para escrever e eleva-a ao céu, para que a luz da estrela a carregue com a sua energia cósmica; do outro, o que representa o seu subconsciente, retira um pergaminho branco, que lhe entrega para que escreva o que deseja comunicar ao mundo. Depois, ela mergulha no rio do inconsciente coletivo. Assim, as leis da afinidade atrairão para si quem se encontre em vibração com o anunciado.

Mas se a sua intenção é saber as lições para o momento vital que está a atravessar, observe como a mulher olha para si, lhe sorri e deita o conteúdo dos copos no rio, atraindo desta maneira as situações, os lugares e as pessoas que podem proporcionar-lhe as lições de que necessita. Depois de terminada a meditação, dê um passo atrás e saia do arcano.

Função do arcano:- Comunicação subliminal com aqueles que precisam de ajuda.

Representa:- O conceito da esperança.

Desperta:- A capacidade para a meditação.

Desenvolve:- A ligação com o inconsciente coletivo e o desejo de praticar a arte da meditação.

Leonardo Rocha


Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que procuras? '.' .'.