“A MAIOR DE TODAS AS IGNORÂNCIAS É REJEITAR UMA COISA SOBRE A QUAL VOCÊ NADA SABE."

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

O Poder dos olhos

Não posso deixar de começar esse post com a ilustre frase de Edgar Allan Poe: "Os olhos são as janelas da alma."
Essa afirmação sem dúvida é baseada no conhecimento do poder de recepção e irradiação dos sentimentos através do olho humano.
Para os anatomistas, o olho é uma câmara fotográfica. As impressões são criadas por ondas luminosas refletidas de objetos externos, a seguir focalizadas sobre a retina e fotografadas por reações químicas. A energia nervosa transmite as "fotografias", através do nervo ótico, ao cérebro, onde a consciência se encarrega do trabalho seletivo e interpretativo. Consideram os olhos como um órgão passivo, receptivo.
O olho humano tem a capacidade de projetar e imprimir sua energia sobre pessoas ou objetos externos e da base a crença a respeito da força do mau-olhado. O possuidor de "tais olhos" poderá acarretar sobre sua vítima, sem querer e silenciosamente, doença, infortúnio e até mesmo destruição total. Todavia, da mesma maneira
pode-se transmitir bênçãos sob a forma de compreensão e saúde, assim como prosperidade, harmonia e paz. Mesmo hoje em dia os místicos Sufis usam certo ritual em que o candidato devidamente habilitado permite que um adepto olhe intensamente em seus olhos, transmitindo-lhe conhecimento impossível de ser transmitido por palavras.
Tenho dividido pouco o que tenho presenciado no campo do ocultismo, pois poucos são os que têm a humildade de corrigir meus erros ou reconhecer meus acertos, sem ostentar seu orgulho e a vaidade diminuindo meus avanços pra que os deles pareçam grandiosos e significativos. Nesse particular certa vez comentei com um Ir.'. sobre o que tinha constatado acerca do olhar de certos "iniciados" que antes de saber que eram "iniciados" constatava "algo" no olhar (que não sabia o que era) que fazia com que eu soubesse: Esse é um iniciado! Tendo o devido descrédito mas ciente de sua vaidade, continuei meus estudos, e hoje compreendo que esse "algo no olhar" era "aquilo" que vemos, sentimos, presenciamos na iniciação que fica marcado de forma indelével no nosso Ser.
Com o olhar é possível dissipar determinadas energias perniciosas de pessoas que nos querem mal ou simplesmente nos invejam, com o olhar é possível conseguir benefícios, é possível induzir alguém a fazer algo, no entanto se nosso coração estiver embuído de sentimentos bons, intenções boas tudo acontece de forma justa e perfeita. Pode-se notar através do olhar quem são as pessoas e suas verdadeiras intenções para conosco e acerca do que está se falando. Com o olhar é possível dizer algo paralelo as palavras sem naturalmente dizer de forma verbal o que se quer, deixa-se simplesmente implícito no sub-consciênte.
Continua...
Leonardo Rocha '.'

Um comentário:

  1. Muito bom... sempre que venho aqui sinto uma enorme saudade de ti mano...

    e quero ver a continuação... abraços!

    ResponderExcluir

O que procuras? '.' .'.