“A MAIOR DE TODAS AS IGNORÂNCIAS É REJEITAR UMA COISA SOBRE A QUAL VOCÊ NADA SABE."

terça-feira, 10 de maio de 2011

O Julgamento

Neste Arcano poderíamos dar uma interpretação religiosa, mas sabendo que o tarô é repleto de símbolos, para ler de forma apurada então vamos à eles. Julgamento deriva do latim, “Judicen”, o vocábulo juízo tem também o significado “ensinar o direito”, através da palavra ou ditar o direito, com efeito um outro sentido de “Juízo” que prevalece e que encontramos aqui é o “discernimento”.

Já vimos que o 18° arcano, a Lua, mostra um eclipse, referindo-se às trevas contidas na Luz e que o 19° arcano, o Sol, traz a revelação da Sabedoria Divina, sob a forma de Luz que ofusca ou enlouquece, caso não seja assimilada corretamente. Pode ser cumprido tudo o que derivar do Julgamento: a distinção, a separação, o reconhecimento e palavras sinônimas de discernimento. Também nos remete a libertação, redenção caso nossos atos sejam positivos perante a nossa consciência.

Seus seres mitológicos são aqueles que conseguiram alcançar os Céus ou os que fugiram dos infernos, Inana, Osíris, Orfeu, Ulisses, Hércules, Psiquê e Enéias.

Saber discernir o falso do verdadeiro e o justo do injusto. As condições de existência e as informações que fazem viver na esperança ou no medo, já não vêm do mundo exterior, pois são provenientes do mundo interior, de si mesmo. Tratamos de uma revelação.

Num jogo de cartas quando “O Julgamento” aparece, traz uma renovação, uma revelação, uma visão interior, de forma verdadeira e profunda, objetiva e muito mais autêntica das coisas. Sua aparição indica que não há necessidade de mentir para nós mesmos ou ocultar coisas aos demais. Pode estar também associado a um chamamento interno da consciência para uma oportuna reflexão a fim de pesar nossos atos.

Sob o ângulo da praticidade, anuncia para a vida social, uma proposta, uma promoção ou consagração.


No Tarô bíblico está associado à figura de Jó que espera com toda a fé e sabe que alguém virá em seu auxílio.

Está associado a Letra “R” (Resh), seu número é 200, na astrologia associa-se ao signo de Peixes (a clarividência) cujo o regente é Saturno, muito embora sob o aspecto da libertação nos remeta à Júpiter/Urano em conjunção harmoniosa com o Sol e o signo de Aquário como expressão de libertação e redenção.


Seus significados positivos são: Cura, perdão, juízo, justo, correto, objetivo, premonição, melhora, revelação, reabilitação, consagração, recompensa merecida...

Seus significados negativos são: Vítimas de um juízo severo, somos responsáveis por nossos atos sendo nossos atos anteriores tendenciosos ao mau.

O Resh esprime hieroglificamente a cabeça do homem. É o símbolo do movimento próprio, bom ou mau; exprime a renovação das coisas quanto ao seu movimento. O Resh é uma letra dupla e corresponde astronomicamente a saturno.


No I Ching é 40 Hsieh - Libertação


Leonardo Rocha

Um comentário:

  1. Muito interessante! Aprofunde mais esse assunto!
    Paz profunda.
    Cleidi

    ResponderExcluir

O que procuras? '.' .'.