“A MAIOR DE TODAS AS IGNORÂNCIAS É REJEITAR UMA COISA SOBRE A QUAL VOCÊ NADA SABE."

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

O Diabo

O Diabo representa, em todas as cosmogonias , aquela misteriosa força astral cujo o hieróglifo Samekh, desvela a origem. O arcano XV simboliza em si o falso espírito ou o Destino.

A décima quinta carta do tarô deriva seu significado de seu próprio simbolismo.

1 – O destino (o acaso)

2 – A fatalidade resultante da “queda” de Adão-Eva.

3 – O Fluido astral que individualiza.

Nahash. O Dragão do Umbral.

Sabemos que a definição de mal e bem é tão somente uma questão de ponto de vista. Por exemplo: Viajando um pouco em uma alegoria: Pode ser que para “Fulano” ter a liberdade financeira agora seja algo muito bom, visto que no atual momento ele passa por necessidades que seriam facilmente sanadas com essa liberdade financeira. Então no ponto de vista dele a liberdade financeira agora seria algo BOM. Para Deus que conhece nosso coração nossas tendências e o porvir, não, não seria algo bom, mas o contrário, pois ele sabe que com a liberdade financeira agora esse “Fulano” se desvirtuaria de seu caminho inflando assim seu ego, despertando a soberba, o orgulho e a vaidade, arruinando sua vida e pondo uma encarnação “a perder” por fazer mau uso de sua liberdade financeira. Então sabendo o que sabe Deus seria uma “MALDADE” dar essa liberdade financeira à “Fulano”. Constatamos aqui que a liberdade financeira é algo NEUTRO só dependendo do ponto de vista, e assim é com TUDO.

Então o que nos diz em si esse arcano maior? A presença do Diabo em um jogo deve simplesmente nos sugerir uma reflexão sobre o uso que fazemos de nossa força, nossas energias, nossos instintos e nos atentar ao psiquismo, da maneira que nossos pensamentos, desejos e vontades, conscientes ou não, tomam forma e não se realizam, transformando-se assim em mais verdadeiros do que ao natural.

Isso vale mais particularmente aos que conhecem um pouco das clavículas de Salomão, mexeram um pouco com Crowley, salpicaram blavatsky, e servem-se do esoterismo em geral pra fazerem palitos de fósforos se mexerem sozinhos, lâmpadas acender e apagar sozinhas e acharem que são magos, Harry Poter ou Dragon ball Z da vida.

Nós bem sabemos que tudo em excesso faz mal, é ruim, por tanto quando o Diabo aparece em um jogo representa entre outras coisas o excesso.

Vejamos alguns significados negativos deste arcano: Desejos ou impulsos cegos, irreprimíveis, destrutivos ou autodestrutivos, egocentrismo, sentido exacerbado de poder, precipitação, desordem material ou moral, excesso e divisão.

Vejamos alguns aspectos positivos deste arcano: Instinto de posse, Êxito financeiro, Êxito material, paixão amorosa e sensual, força física, criatividade intensa, poder, vontade firme, determinação à um objetivo.

Esta associado ao signo de sagitário (centauro meio homem, meio animal) e plutão – as forças físicas - , segundo regente do signo de escorpião.

No Tarô bíblico está associado ao Adão-Eva que dando ouvido ao seu instinto resolvera satisfazer seu lado carne, a matéria. Ele(a) deu ouvido a essa voz interior tendendo ao prazer mundano e então sucumbiu ao Diabo.


“Quando o Diabo toca o mal se faz”. (By Rayane Ribeiro)

Mitologicamente está associado aos anjos caídos de Schemchasai, Azazel, Helel, Samael. Lúcifer a estrela da manhã que é identificado com Satanás (inimigo). Judas o traidor.

Já que vou falar do número 15, quero ressaltar que o Diabo está sempre ligado ao número 666, e que 1+5 = 6.

Nos baralhos alemães em especial o de Crowley ele vem nessa ordem: “15 Der Teufel”

Pode ser forçado de minha parte mas, pela redução teosófica fica: 6 9 6

Explico:

15 – 1+5 = 6

Der – 4+5+18 = 27 = 2+7 = 9

Teufel – 20+5+21+6+5+12 = 69 = 6+9 = 15 = 1+5 = 6

Muito bem, agora vamos aos números em si:

  • 15 era o número de pares de “Eons” ou princípios sagrados no esquema gnóstico de Valentino.
  • Havia 15 degraus entre o átrio anterior de Israel e o pátio das mulheres, e sobre eles, eram entoados os 15 Salmos dos degraus ou graduais; Salmos 120-134.
  • O 15 é o número de Jah, um nome de Deus; e por isso, os Judeus, que escreviam letras por números, nunca escreviam JH, 10,5, para 15, mas sim Tv, ou seja: 9,6 = 15.
  • Um Grande dia de recreação e júbilo para as donzelas judias era o 15° dia do mês de Ab.
  • O dilúvio cobriu os montes com a profundidade de até 15 côvados.

No I Ching é 36 Ming I – O obscurecimento da Luz

Leonardo Rocha '.'

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que procuras? '.' .'.