“A MAIOR DE TODAS AS IGNORÂNCIAS É REJEITAR UMA COISA SOBRE A QUAL VOCÊ NADA SABE."

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

RELAÇÕES HUMANAS



Relações Humanas” significa, o estabelecimento e/ou manutenção de contatos entre seres humanos. Como tal ocorre constantemente em nossa vida diária: em casa, com nossos pais, esposa e filhos: no clube; no bar e no ambiente de trabalho, onde passamos a maior parte de nosso tempo útil, com nossos colegas, superiores e subordinados.

Atualmente entende-se por Relações Humanas a atitude que deve prevalecer no estabelecimento e manutenção dos contatos entre as pessoas.Esta atitude decorre do princípio de que cada pessoa tem uma personalidade com características próprias, que devem ser respeitadas.

Praticar “Relações Humanas” significa assumirmos uma atitude em nossas relações, que nos permita compreender o outro, respeitando sua individualidade, que é, sem dúvida diferente da nossa. Isto facilita o estabelecimento de contatos humanos favorecendo nossa integração ao meio social e enriquecendo nossa própria personalidade.

Podemos desenvolver essa habilidade à medida que passamos a nos compreender e conhecer realmente.Só assim, é que podemos pensar em conhecer e compreender o outro. Um princípio relacionado com essa habilidade é o processo empático que nos explica porque tendemos a nos aproximar de certas pessoas.

Empatia – compreensão intelectual de uma pessoa por outra pessoa, associada à capacidade de sentir como se fosse a outra.


A ausência de empatia pode impedir o estabelecimento, ou gerar distorções, no relacionamento entre as pessoas. Nas relações de trabalho isto pode ter conseqüências drásticas, pois nelas não somos livres para escolher nem os momentos, nem as pessoas com as quais queremos nos relacionar.

Nossa aparência pessoal, expressão mímica, linguagem, entonação de voz e a atenção que dedicamos ao outro são alguns fatores que intervêm no estabelecimento do processo empático.

Sob outro ponto de vista, ao conhecermos alguém, devemos evitar julgamento precipitados ou partir de idéias preconcebidas, pois, se as mesmas forem negativas, a tendência será que impeçam a continuidade do próprio relacionamento.


OS DEZ MANDAMENTOS DAS RELAÇÕES HUMANAS


  1. FALE com as pessoas. Nada há tão agradável e animado quanto uma palavra de saudação, particurlamente hoje em dia quando precisamos mais de “sorrisos amáveis”.

  2. SORRIA para as pessoas. Lembre-se que acionamos 72 músculos para franzir a testa e somente 14 para sorrir.

  3. CHAME as pessoas pelo nome. A música mais suave para muitos ainda é ouvir o seu próprio nome.

  4. SEJA amigo e prestativo. Se você quiser ter amigos, seja amigo.

  5. SEJA cordial. Fale e aja com toda sinceridade: tudo o que você fizer, faça-o com todo o prazer.

  6. INTERESSE-SE sinceramente pelos outros. Lembre-se que você sabe o que sabe, porém você não sabe o que os outros sabem. Seja sinceramente interessado pelos outros.

  7. SEJA generoso em elogiar, cauteloso em criticar. Os líderes elogiam. Sabem encorajar, dar confiança, e elevar os outros.

  8. SAIBA considerar os sentimentos dos outros. Existem três lados numa controvérsia: o seu, o do outro, e o lado de quem está certo.

  9. PREOCUPE-SE com a opinião dos outros. Três comportamentos de um verdadeiro líder: ouça, aprenda e saiba elogiar.

  10. PROCURE apresentar um excelente serviço. O que realmente vale em nossa vida é aquilo que fazemos para os outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que procuras? '.' .'.