“A MAIOR DE TODAS AS IGNORÂNCIAS É REJEITAR UMA COISA SOBRE A QUAL VOCÊ NADA SABE."

sábado, 20 de novembro de 2010

A reencarnação através dos tempos

“Antes de nascer, a criança já viveu e a morte não é o fim.

A vida é um evento que passa como o dia solar que renasce.”

Papiro Egípcio (3.000 a.C)

“Da mesma forma que nos desfazemos de uma roupa usada para pegar uma nova, assim a alma se descarta de um corpo usado para se revestir de novos corpos.”

Bhagavad Gita (3.000 a.C)

“Honra a ti, Osíris, Ó Governador dos que se encontram no paraíso, tu que fazes nascer os mortais, que renovas sua juventude...”

Livro egípcio dos mortos (2.000 a.C)

“Ninguém pode ser salvo sem renascer e sem livrar-se das paixões que entraram no último nascimento espiritual.”

Hermes Trismegisto (1.250 a.C)

“Aquele que retorna para a Terra e faz o bem, segundo seu conhecimento, suas palavras, ações e intenções, recebe um dia uma recompensa, que convenha aos seus méritos... Aqueles que durante o período de vida na terra, vivem na dor do desgosto, sofrem com isso por causa de suas palavras mesquinhas ou suas más ações num corpo anterior, pelo que é punido no presente.”

Zoroastro (1.000 a.C)

“A alma nunca morre, mas recomeça uma nova vida, ela nada mais faz do que mudar de domicílio, tomando uma outra forma. Quanto a mim, que vos revelo estas misteriosas verdades, já fui Euforbes em uma outra vida, no tempo da guerra de Tróia, lembro-me perfeitamente bem de meu nome e de meus pais, assim como do modo como fui morto em combate com o Rei de Esparta. Em Micenas, no templo de Juno, vi suspenso na parede meu próprio escudo de um outro tempo. Mas, embora vivendo em vários corpos, a Alma é sempre a mesma, pois só a forma muda.”

Pitágoras (572 - 492 a.C)

“Os seres humanos que se apegam demasiado aos valores materiais são obrigados a reencarnarem incessantemente, até compreenderem que ser é mais importante do que ter.”

Buda (563 – 483 a.C)

“Estou convencido que vivemos novamente e que os vivos emergem dos que morrem e que as amas dos que morreram estão vivas.”

Sórates (469 – 399 a.C)

“Ó tu moço ou jovem que te julgas abandonado pelos deuses, saiba que, se te tornas pior, irás ter com as piores almas, ou, se melhor, irá se juntar as melhores almas, e em toda sucessão de vida e morte farás e sofrerás o que um igual pode merecidamente sofrer nas mãos de iguais. É esta justiça dos céus.”

Platão (427 – 347 a.C)

“Outro forte indício de que os homens sabem a maioria das coisas antes do nascimento é que quando crianças aprendem fatos com enorme rapidez, o que demonstra que não os estão aprendendo pela primeira vez, e sim relembrando.”

Cícero (106 – 43 a.C)

“Respondeu-lhe Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que se alguém não nascer de novo não pode ver o Reino de Deus.”

Jesus (João 3:3)

“Morrer é mudar de corpo como os atores mudam de roupa.””

Plotino (205 – 270 a.C)

“Fui mineral, morri e me tornei planta, como planta morri e depois me tornei animal, como animal morri e depois me tornei homem, porque teria eu medo? Acaso fui rebaixado pela morte? Vi dois mil homens que eu fui; mas nenhum era tão bom quanto sou hoje. Morrerei ainda como homem para elevar-me e estar entre os bem-aventurados anjos. Entretanto, mesmo esse estado de anjo terei de deixar.”

Al rumi – Poeta Islâmico (1.210 – 1273 d.C)

“Lê-me, leitor, se encontras prazer em ler-me, porque muito raramente voltarei a este mundo.”

Leonardo da Vinci (1.452 – 1.519 d.C)

“Se aceitamos a crença numa continuação da vida, a prática religiosa se torna uma necessidade que nada pode suplantar, para preparar sua encarnação futura... seja qual for o nome dessa religião, o fato de compreende-la e pratica-la torna-se a base essencial de uma mente que está em paz, portanto, de um mundo em paz. Se não há paz na mente, não pode haver paz alguma no modo como uma pessoa se relaciona com as outras, e, por conseguinte, não pode haver relações entre os indivíduos ou entre as nações.”

Um Dalai Lama (1.500 d.C)

“Nascer duas vezes não é mais surpreendente do que nascer uma vez: tudo na natureza é ressureição.”

Voltaire (1694 – 1778 d.C)

“Aqui jaz o corpo de Benjamin Franklin, impressor, semelhante à capa de um velho livro de páginas arrancadas, abandonadas ao léu, com seu título e seus dourados apagados. A obra não se perderá, pois como ele acreditava, ela aparecerá uma vez mais em nova edição mais elegante, editada e corrigida pelo autor.”

Benjamin Franklin (1706 – 1790 d.C)

“Sinto que logo deixarei esta vida terrena. Mas como estou convencido de que nada existe na natureza que possa ser aniquilado, tenho como certeza que o mais nobre de mim mesmo não cessará de viver. Embora eu me arrisque a não ser rei em minha próxima vida... ora, tanto melhor! ...viverei mesmo assim uma vida ativa e, o que é melhor, sofrerei menos por ingratidão.”

Frederico “O Grande” (1.712 – 1.786 d.C)

“Estou certo de que estive aqui, como estou agora, mil vezes antes e espero retornar mil vezes...

A alma do homem é como a água; vem do Céu e sobe para o Céu, pra depois voltar a Terra, um um eterno ir e vir.”

Goethe (1.749 – 1.832 d.C)

“Se um asiático me perguntar por uma definição da Europa, derei forçado a responder-lhe do seguinte modo: É aquela parte do mundo perseguida pela incrível ilusão de que o homem foi criado do nada, e que a sua existência atual é sua primeira entrada na vida.”

Arthur Schopenhauer (1.788 – 1.860 d.C)

“Todos os seres humanos experimentaram vidas anteriores... Quem sabe quantas formas físicas o herdeiro do céu ocupa, antes que ele possa compreender o valor daquele silêncio e solidão, cujas planícies estreladas são apenas a antecâmara dos mundos espirituais?”

Honoré Balzac – Escritor francês (1799-1850 d.c)

Um comentário:

  1. Que tema bonito! Reencarnação, vidas passadas, é realmente fascinante saber que somos eternos, melhor ainda é termos sensibilidade e experimentarmos no fundo da nossa alma essa eternidade....

    ResponderExcluir

O que procuras? '.' .'.