“A MAIOR DE TODAS AS IGNORÂNCIAS É REJEITAR UMA COISA SOBRE A QUAL VOCÊ NADA SABE."

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Touro


Da Mitologia

Taurus era o touro branco que cortejou Europa, carregando-a no dorso; Esse touro era, na verdade, Zeus que estava disfarçado. Quando Zeus reassumiu sua forma original, colocou o touro no céu.

O mito do Touro na mitologia é aquele de Teseu e do Minotauro. O Minotauro de nossa história é o símbolo do Touro furioso que, com sua cabeça de touro e com seu corpo humano, sente sua humanidade completamente dominada pelos seus desejos animais, e por se sentir envergonhado, se enclausura num labirinto absolutamente impenetrável, de onde ele não poderá escapar. Porém, também Teseu é um aspecto do mito do touro, quando com a ajuda do fio que lhe deu Ariadne, consegue matar o Minotauro libertando então a cidade de Minos da maldição. Desta forma vemos que, dentro de cada taurino, existe um herói que pode enfrentar o seu inimigo mais furioso, mas deve se lembrar de tecer um plano cuidadoso para poder se libertar do labirinto de suas paixões e emoções, para estabelecer um relacionamento harmonioso e duradouro como ele deseja.

Da Personalidade

Touro é um mantenedor.
Isto quer dizer que ele precisa possuir. É aquela criança que irá agarrar-se ao seu brinquedo, pequenininha, dizendo enfáticamente: "É meu".

A principal característica do signo é um espírito positivo, de realização e praticidade.

Touro precisa sentir uma ligação especial com a terra, se sentirem donos de um pedaço de chão. Nos nativos de Touro encontramos os temperamentos fortes, obstinados, perseverantes. São trabalhadores e pessoas dedicadas que chegam sem precipitação.

As reações são ponderadas, mas uma vez a decisão tomada, é difícil que se desvie da rota estabelecida.

O planeta regente Vênus denota da sensualidade e da docilidade do signo, mas não somente em matéria de sexo, mas também em matéria de música, cor, fotografia, toque. Enfim, tudo deve responder aos seus aguçados cinco sentidos.

São pessoas que gostam do conforto, da boa mesa, do estético - enfim dos pequenos prazeres da vida. Sua natureza é com frequência reservada e tímida, camuflada sob um porte de distinção e elegância. Tendem a uma postura conservadora, gostam de manter sua rotina e pequenos hábitos.

Sua maior busca é a segurança.

Têm em geral uma visão muito centrada e realista da vida, tendendo a objetividade e praticidade. Sentem-se inquietos se não têm uma base sólida, para a conquista dos projetos, apesar de serem tranquilos. O taurino deseja antes de tudo a estabilidade e a segurança e detesta as mudanças. Por isto ele acumula riquezas palpáveis durante sua vida, como terrenos, barras de ouro, etc. O elemento terra em geral gosta de lidar com a realidade, concreta e tangível.

Seu elemento é Terra, fixo, representa o elemento imóvel da Natureza humana, geralmente por conta disso é um ser teimoso, difícil de convencer. No entanto o signo de Touro em geral representa os aspectos nutritivos e procriadores simbolizados por Demétria, Gaia, Mãe-terra ou Mãe-natureza. Por conta disso o taurino é geralmente alguém que evita agir pelo impulso mas procura “ajudar” sempre. Touro simboliza o segundo período (30° a 60°) da Primavera.

Seu planeta regente é Vênus, Deusa da beleza e do amor, os Egípcios a chamavam Hathor , alguns acreditam q ela e ligada a terra e deusa mãe , mas sua correspondência e da Água, sua cor e verde mas também pode se utilizar azul dependendo da operação, seu metal e o Cobre, seu dia e a Sexta feira, bom dia para se consagrar a Taça.

O planeta Vênus é o ponto intermediário entre Mercúrio e Júpiter; seus habitantes têm a mesma conformação física que a nossa; o mais ou menos de beleza e de idealidade nas formas é a única diferença delineada entre os seres criados. A sutileza do ar, em Vênus, comparável à das altas montanhas, torna-o impróprio aos nossos pulmões; as doenças ali são ignoradas. Seus habitantes não se nutrem senão de frutas e de laticínios; ignoram o bárbaro costume de se nutrirem de cadáveres de animais, ferocidade que não existe senão nos planetas inferiores; em consequência, as grosseiras necessidades do corpo são destruídas, e o amor se enfeita de todas as paixões e de todas as perfeições apenas sonhadas sobre a Terra.

Como na madrugada onde as formas se revestem indecisas e alagadas nos vapores da manhã, a perfeição da alma, perto de ser completa, tem as ignorâncias e os desejos da infância feliz. A própria natureza reveste a graça da felicidade velada; suas formas flácidas e arredondadas não têm as violências e as asperezas dos panoramas terrestres; o mar, profundo e calmo, ignora a tempestade; as árvores não se curvam jamais sob o esforço da tempestade e o inverno não as despoja de sua verdura; nada é estridente; tudo ri, tudo é doce. Os costumes, cheios de quietude e de ternura, não têm necessidade de nenhuma repressão para ficarem puros e fortes.

A forma política reveste a expressão da família; cada tribo, ou aglomeração de indivíduos, tem seu chefe pela classe de idade. Ali a velhice é o apogeu da dignidade humana, porque ela aproxima do objetivo desejado; isenta de enfermidades e de fealdade, ela é calma e irradiante como uma bela tarde de outono.

A indústria terrestre, aplicada à pesquisa inquieta do bem-estar material, é simplificada e quase desaparece nas regiões superiores, onde não tem nenhuma razão de ser; as artes sublimes a substituem e adquirem um desenvolvimento e uma perfeição que os nossos sentidos espessos não podem imaginar.

As vestes são uniformes; grandes túnicas brancas envolvem com suas pregas harmoniosas o corpo, que não desnaturam. Tudo é fácil para esses seres que não desejam senão Deus e que, despojados dos interesses grosseiros, vivem simples e quase luminosos.




Na Astrologia o planeta Vênus é natural da segunda casa e tem como signo oposto Escorpião, na anatomia está associado à garganta, pescoço, orelhas, cordas vocais, tireóide, língua, boca, amigdalas e dentes inferiores. Nunca localizado a mais de 46° de distância do Sol, Vênus é o planeta de Amor, antigamente era chamado de "O pequeno benéfico". Rege em geral a arte e a cultura, a estética e tudo relacionado a beleza e seus prazeres, o canto, o drama, a música e as artes em geral. Governa os contatos emocionais, ternura e os prazeres em geral.

Elementais da Terra

Os elementais da terra são os GNOMOS e os DUENDES.

O elemento da TERRA é vital para a produção de alimentos, afim de que a humanidade possa formar corpos perfeitos, os quais são suas manifestações neste planeta, para as atividades espirituais e cósmicas. Vemos a ação benéfica da terra nas lindas paisagens, na vida dos pássaros, nas flores, nos belos minerais e naturalmente na produção dos vegetais. Sua ação destruidora é demonstrada nos desmoronamentos, vulcões em atividade e terremotos.

Considerados os guardiães dos minerais, com a capacidade de perceber e sintonizar o fluxo de crescimento destes minerais (das rochas), propiciando a sua manifestação e evolução, chegando a transformar a rocha em cristal. A teoria baseia-se no princípio das essências elementais. A rocha (essência elétrica comprovada) permitiu a manifestação da essência elemental (suposta) que impulsionada gerou o cristal.

Os Gnomos são seres quase esquecidos. Uma vez que trabalham na floresta durante à noite e algumas vezes nas casas dos humanos. A palavra Gnomo é derivada de KUBA-WALDA, que em alemão antigo quer dizer "administrador da casa", ou mesmo "espírito da casa". Antigamente eram vistos e aceitos pela sociedade, mas isso aconteceu numa época em que as águas eram límpidas e as matas todas virgens. Depois disso, tudo mudou, e os gnomos foram obrigados a se retirarem da sociedade, indo para os esconderijos nas florestas, muitas vezes subterrâneos e de acesso tão difícil que desde então a crença neles tem decrescido.

Os Duendes Seguem o mesmo processo, só que no reino vegetal onde denominam e atuam, propiciando um ciclo de desenvolvimento adequado. Estão ligados à terra energeticamente e influem no curso natural de uma planta por eles regida.

Os domicílios dos elementais da terra são as matas fechadas, rochas e também as margens das lagoas. Como os seus corpos são feitos de substância etérea fina, eles conseguem atravessar os corpos sólidos, como nós atravessamos o ar.
Geralmente possuem suas moradias dentro da terra, próximas à superfície. Vivem em casas e têm a faculdade de atravessar portas e janelas fechadas. Acompanham a vida familiar com muito interesse, mas para os humanos são invisíveis.
Cuidam das flores e plantas, árvores e arbustos com muito amor e alegram-se vendo cada flor que desabrocha. Os gnomos são atraídos pelas pessoas amáveis e dóceis. Brigas, desordem e falta de harmonia são para eles um suplício. O tamanho dos gnomos varia entre 40 e 100cm. Sua aparência assemelha-se muito à dos humanos. Eles adoram, como todos os seres da natureza, imitar os humanos e espelham tudo o que vêem - seja bom ou não.


INVOCAÇÃO AOS GNOMOS

Eu vos saúdo, Gnomos,

Que constituis a representação do elemento Terra.

Vós que constituís a base e fortaleza da Terra,

Ajudai-me a transformar, a construir todas as estruturas materiais,

Assim como uma raiz fortifica a árvore frondosa.

Gnomos, possuidores dos segredos ocultos,

Fazei-me perfeito e nobre, digno do vosso auxilio.

Mestres da Terra, Eu vos saúdo fraternalmente.
Amém.


ORAÇÃO DOS GNOMOS

"Rei invisível, que tomaste a terra para apoio e que cavaste os seu abismos para enchê-los com a vossa onipotência; vós, cujo nome faz tremer as abóbadas do mundo, vós que fazeis correr os sete metais nas veias das pedras, monarca das sete luzes, remunerador dos operários subterrâneos, levai-nos ao ar desejável e ao reino da claridade. Velamos e trabalhamos sem descanso, procuramos e esperamos, pelas doze pedras da cidade santa, pelos talismãs que estão escondidos, pelo cravo de imã que atravessa o centro do mundo. Senhor, Senhor, Senhor, tende piedade dos que sofrem, desabafai nossos peitos, desembaraçai e elevai nossas cabeças, engrandecei-nos. Ó estabilidade e movimento, ó dia envolto na noite, ó obscuridade coberta de luz! ó senhor, que nunca retendes convosco o salário dos vossos trabalhadores! ó brancura argentina, ó esplendor dourado! ó coroa de diamantes vivos e melodiosos! vós que levais o céu no vosso dedo, como um anel de safira, vós que escondeis em baixo da terra, no reino das pedrarias, a semente maravilhosa das estrelas, vivei, reinai e sede eterno dispensador das riquezas de que nos fizestes guardas. Amém."

"Cada planta é uma estrela terrestre. Suas propriedades celestes, estão escritas

sobre as cores de suas pétalas e, suas propriedades terrestres, na forma de suas folhas.

Toda a magia está contida nelas; em seu conjunto, todas as potências dos Astros."

Paracelso


Signos da Terra (touro, Virgem e capricórnio)

Estes signos são práticos, realistas, sensatos. Têm os pés no chão. São prudentes, trabalhadores, conservadores, sensuais. Buscam conforto e segurança material, mas também podem ser materialistas, interesseiros e céticos. O elemento terra está associado ao corpo físico e ao mundo material. É por meio dele que entramos em contato com o nosso corpo. É por meio dos cinco sentidos que experimentamos o prazer e a dor e entramos em contato com o mundo material. É por isso que este elemento está mais ligado aos sentidos que os outros três.

A terra dá sustento a tudo que existe e esse elemento é necessário para dar sustento e forma ao que nós queremos. A terra põe os nossos pés no chão, tornando nossas expectativas realistas. Ela nos ajuda a ter paciência, principalmente com os pequenos detalhes e nossas tarefas rotineiras. Nos dá senso de responsabilidade, capacidade de esperar até que o nosso trabalho renda frutos. As pessoas pouco ligadas a este elemento têm dificuldades de traçar metas, de discriminar o que é importante do que não importa. Podem ter dificuldades para lidar com dinheiro. Como não gostam e não têm paciência de lidar com coisas chatas, elas podem ter dificuldade de terminarem suas tarefas e assim podem ser irresponsáveis e terem dificuldade em conseguir o sucesso mundano (a não ser, que explorem os outros), já que dificilmente terminam seus projetos.

Já as pessoas que são muito ligadas a este elemento são muito materialistas. Tem pouca imaginação e criatividade pois estão presas demais ao lado material. Como precisam ver pra crer, são muito céticas e podem se preocupar demais com as convenções sociais. São conservadoras e rígidas, podendo ser consideradas chatas e caretas.

Leonardo Rocha \

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que procuras? '.' .'.